Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Texto Crú

Texto Crú

Desligar

por Paulo Vinhal, em 08.06.16

Sem Título.jpg                                                                                                                                                                                         

O farrapo do coração, já velho e elegante, acende-se para tudo o que é antigo. Emociona-se ao ver passar coisas a que ninguém dá valor. Faz crescer os braços como raízes por todos os recantos das coisas e, no epicentro do medo, cresce conforme a estética do mundo. A aura eletrónica e hostil dos objetos pousados por toda a parte é esfaqueada repetidamente pelo perdão dos sonhos mudos que reconstroem a realidade passo a passo. É quando à vista de todos o invisível se expande. É quando a razão definha e o coração de carne distende a musculatura livremente através da filosofia endócrina dos dias. É quando todos estão em sintonia e eu desligado.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D